Radio Grooveshark

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Por que poetar?

Por que poetar?

Há em mim
uma fonte inesgotável de emoções,
sensações e anseios
que precisa ser canalizada de algum jeito,
senão me explode o peito.

Sandra L. Felix de Freitas®