Radio Grooveshark

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Como Música Antiga


Como Música Antiga...



Na tristeza da desilusão,
em meio às maiores dores,
é que muitos compositores
fazem as mais lindas canções,
falando de sonhos, amores...
Ou da angústia da saudade.

Nas fantasias desfeitas
lágrimas desenham as letras
que um dia, na posteridade,
serão lidas, ou ouvidas,
e, ainda, por muitas vezes
não serão compreendidas.

É assim que hoje me sinto
como uma música antiga
que ninguém mais ouve,
e se ouve não entende.
Sinto-me como fera ferida
mas mesmo para mim
eu ainda finjo,
minto.
 
Sandra Freitas®