Radio Grooveshark

terça-feira, 2 de julho de 2013

O Que Sou Eu?


O Que Sou Eu?

Serei eu poeta?
Sou mulher e criança
concha fechada, livro aberto
tudo ao mesmo tempo.
Sou choro e tristeza
na mesma canção.
Encharco-me de letras
brinco com as palavras
e com a imaginação.
Gosto de sonhos embalar
e palavras ajuntar.
Tenho olhos no ouvido
e a boca no coração.
Só enxergo no escuro.
Salto por sobre o muro
que me tolhe a liberdade.
Sou nuvem sofrida
perdida no céu.
E como vogal e consoante
sou harmonia destoante,
entre a magia e fantasia.
Serei eu gata ou serpente?
Realismo ou revolução?
Tímida, atrevida
ou só uma cisma?
Acho que sou mesmo
é coisa de momento
maré mansa,
maremoto,
tormento,
rabisco sem nexo,
o pretexto do contexto,
o amor sem sexo.
Na verdade não passo
de papel de rascunho.

Sandra L. Felix de Freitas®