Radio Grooveshark

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Alma gêmea



Alma gêmea

Depois
de tantas luas cheias
tantos passos soltos na areia,
tantos abraços,
entrelaços...
...Mimos, sonhos e fantasias...
Um dia,
sem o menor pudor
anuncia-se o fim do amor.

Fica triste,
amargurado,
o apaixonado coração.
passa noites acordado,
em nostalgia
ouvindo aquela canção...
Apertado de emoção.

Desistir?
Jamais!
Remédio?
Existe!
Fazer o que sem você?
Tocar a vida em frente,
seguir por outro caminho.
Perseguir outros ventos.
Ainda que em passos lentos.

Então,
a solução é prosseguir.
Eu tenho que conseguir,
continuar,
nunca desistir de sonhar.
Não adianta me esconder,
para não ver o sol nascer,
quando o novo dia amanhecer.

Quem sabe
se nesta outra estrada,
não estará
a minha outra metade?
a minha tão almejada
...e sonhada...
alma gêmea?
Um alguém
que me dê carinho
pra compensar meus descaminhos

Sandra L. Felix de Freitas